Main content

 

A Acupuntura é uma das técnicas terapêuticas da milenar medicina chinesa que, com estímulos em determinados pontos do corpo humano, obtemos a homeostasia (equilíbrio do organismo).
 
Toda e qualquer moléstia que agride o organismo é considerado pela medicina chinesa uma quebra do equilíbrio energético, repercutindo assim na desarmonia das funções biológicas e do equilíbrio funcional e bioquímico do organismo.
 
 
Através dos estímulos realizados nos pontos dos canais de energia (meridianos) podemos restabelecer as funções energéticas, repercutindo assim na fisiologia e no equilíbrio bioquímico do organismo promovendo  homeostasia.
 
Os estímulos realizados nos pontos da acupuntura podem ser:
 
- Agulhas ultrafinas esterilizadas e descartáveis.
 
- Moxabustão (calor produzido pela queima da erva Artemísia vulgaris) que irá promover aquecimento do ponto de Acupuntura produzindo assim os efeitos.
 
- Stiper (pastilhas de silício fixados nos pontos dos meridianos)
 
- Ventosas (copos que promovem a sucção da pele por pressão negativa)
 
A acupuntura chegou ao Brasil há praticamente 100 anos e, desde então, devido aos grandes resultados clínicos obtidos e com diversas pesquisas cientícias realizadas ganhou profundo respeito científico.
 
 
Atualmente o Ministério da Saúde, através da Portaria 971/2006, vem implantando a acupuntura no Sistema Único de Saúde (SUS) para garantir o acesso da saúde pública, pois é uma técnica terapêutica eficiente, segura e de baixo custo comparada com a alopatia.